cristo redentor
29 set

Cristo Redentor: conheça a história dessa maravilha do mundo moderno

Quem nunca se encantou com uma imagem do Cristo Redentor, de braços abertos observando a Cidade Maravilhosa de cima do morro do Corcovado? Eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, em uma pesquisa aberta divulgada em julho de 2007, o Cristo Redentor é a maior estátua no estilo Art Déco do mundo, com 38 metros de altura e braços com área de 88 metros quadrados cada.

Ainda que seja um dos pontos turísticos mais conhecidos e visitados do Rio de Janeiro e do Brasil, pouca gente conhece a história do Cristo Redentor e como foi desenvolvido o projeto dessa estátua tão grande e imponente. Por isso, a Rede Rio resolveu colocar neste artigo toda a história desse monumento que, não à toda, é considerado um dos mais bonitos e importantes de todo o mundo. Confira!

História do Cristo Redentor

De onde surgiu a ideia

A primeira vez em que passou pela cabeça de alguém construir um monumento religioso gigante no alto do Corcovado, no Rio de Janeiro foi no ano de 1859, quando o padre lazarista francês Pierre-Marie Boss cogitou essa ideia. Ele chegou a registrar seu desejo em um livro, chamado “Imitação de Cristo”, publicado em 1903:

“O Corcovado!…
Lá se ergue o gigante de pedra, alcantilado, altaneiro e triste,
como interrogando o horizonte imenso – Quando virá?
Há tantos séculos espero! Sim, aqui está o Pedestal único no mundo.
Quando vem a estátua, como eu, colossal imagem de Quem me fez?”

O desejo do padre só começou a se tornar realidade nos preparativos para o centenário da Independência, celebrado em 1922. Uma disputa para decidir o projeto para o monumento foi aberta, sendo Heitor da Silva Costa o vencedor. A ideia era que o Cristo Redentor fosse construído apenas com dinheiro proveniente de doações dos brasileiros. Várias campanhas de arrecadação foram realizadas, inclusive um abaixo assinado solicitando a autorização do presidente Epitácio Pessoa para que o monumento fosse erguido. Ao todo a construção custou aproximadamente 2500 contos de réis, o que equivale a 9,5 milhões de reais, vindos de doações de brasileiros de todo o país.

Como o projeto foi colocado em prática

história do cristo redentor

O projeto foi uma obra conjunta do desenhista Heitor da Silva Costa, do pintor Carlos Oswald e do escultor Maximilian Paul Landowski. O Cristo Redentor é uma escultura em estilo Art Déco, com os braços abertos em forma de uma cruz, com 38 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares. Desse total, 30 metros são equivalentes ao monumento e os outros oito metros equivalentes ao pedestal. Cada braço ocupa uma área de 88 metros quadrados e o pé mede 1,35 metro. O peso total da estátua é de, aproximadamente, 1145 toneladas, dos quais 30 toneladas é somente a cabeça.

As únicas partes do Cristo Redentor que não foram construídas no Brasil são as mãos e a cabeça, que foram moldadas em Paris. O corpo da estátua é feito inteiramente em pedra sabão, cortada em triângulos, colados à mão em um tecido e aplicado por um pastilheiro na estrutura feita de concreto armado. O monumento é feito para resistir a ventos de até 250 km por hora.

A construção durou nove anos, de 1922 a 1931, e foi inaugurada em 12 de outubro de 1931, durante as festividades do dia de Nossa Senhora Aparecida.

Como foi eleito uma Maravilha do Mundo Moderno

As Sete Maravilhas do Mundo moderno foram eleitas por meio de uma votação informal, idealizada por uma organização da Suíça, baseadas em critérios como beleza, complexidade, valor histórico, relevância cultural e significado arquitetônico. A seleção foi feita mundialmente por votos pela internet e por telefone, contando com mais de 100 milhões de participações, que escolheram entre 200 monumentos de várias partes do mundo.

O anúncio dos monumentos escolhidos aconteceu no dia sete de julho de 2007, no Estádio da Luz, em Portugal. Além do Cristo Redentor, os outros monumentos que completam a lista das Sete Maravilhas do Mundo Moderno são:

– Coliseu de Roma (Itália)
– Chichén Itzá (México)
– Machu Picchu (Peru)
– Muralha da China (China)
As Ruínas de Petra (Jordânia)
– Taj Mahal (Índia)

Como visitar o Cristo Redentor

O Cristo está situado no alto do Morro do Corcovado, no Parque Nacional da Tijuca. O monumento é acessível de van, carro, ou um trem, que realiza um tour pela Mata Atlântica até chegar ao topo do morro. O valor do ingresso varia conforme a temporada e pode ser adquirido no site da Paineiras Corcovado.

Para visitar o Rio e conhecer o Cristo Redentor e outros pontos turísticos famosos mundialmente por suas belezas, o ideal é se hospedar em um hotel que ofereça conforto, bom atendimento e fácil acesso a todos eles. Para isso, você pode contar com a Rede Rio! Nossa rede possui quatro hotéis no Centro do Rio de Janeiro, localizados próximos a diversos locais para visitação e aos meios de transporte.

Deixe que a Rede Rio te ajude a tornar a sua viagem ainda mais inesquecível! Entre em contato conosco e faça já a sua reserva!

 

Links úteis:
hotel Rio de Janeiro Centro
hotel Lapa Rio de Janeiro
hotel Centro Rio de Janeiro
hotéis na Lapa Rio de Janeiro

Fechar